A Ouvidoria da BB Tecnologia e Serviços é uma instância adicional de comunicação entre a Empresa e seus públicos de relacionamento (interno e externo), para o recebimento de sugestões, elogios, reclamações e denúncias, sendo também o canal para o recebimento de denúncias sobre atos ilícitos de corrupção relacionados a órgãos públicos, no escopo da lei nº 12.846/2013 (Lei Anticorrupção).

Atua em segunda instância, de forma isenta e independente, garantindo sigilo, imparcialidade e confidencialidade, nos casos em que o interessado não obtiver resposta ou solução satisfatória junto às áreas da Empresa ou sentir-se insatisfeito com o resultado de um serviço.

 

Ouvidoria BBTS

Em virtude da pandemia de Covid-19, os atendimentos presencial e telefônico da Ouvidoria estão temporariamente suspensos. Favor utilizar os formulários ou e-mail para contato.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (21) 2408-9934
Funcionamento: segunda a sexta, de 09h as 12h | 13h as 18h.

Para reivindicações ou denúncias você também pode utilizar nossos formulários para contato, acessando o menu lateral.
Conheça a Cartilha da Ouvidoria BBTS.

 

Por que a BBTS não possui Carta de Serviço ao Usuário?

O Decreto nº 9.094/17, dispõe entre outros assuntos, em seu art. 11, que os órgãos e as entidades do Poder Executivo federal que prestam atendimento aos usuários dos serviços públicos, direta ou indiretamente, deverão elaborar e divulgar Carta de Serviços ao Usuário, no âmbito de sua esfera de competência. Cumpre esclarecer que a BBTS não faz parte do Poder Executivo, tampouco presta serviços públicos.

A BBTS é uma empresa estatal (cf. art. 2º, do Decreto 8.945/16), constituída sob a forma de sociedade anônima de capital fechado (cf. arts. 1º, 2º e 4º, da Lei 6.404/76) com personalidade jurídica de direito privado (cf. art. 44, do Código Civil[3]), e controlada diretamente pelo Banco do Brasil S/A, que, por sua vez, é uma sociedade de economia mista federal. Com isto, a BBTS é controlada indiretamente pela União, mas possui personalidade jurídica e patrimônio próprios, que lhe concedem autonomia para gerir suas atividades.

Assim, a determinação de divulgação de Carta de Serviços ao Usuário não é aplicável a BBTS.